Notícias

Ford apresenta Ka FreeStyle como CUV

02/02/2018 - 

Fosse ele lançado uns quatro anos atrás, o Ford Ka FreeStyle seria chamado de versão aventureira cross do modelo. Hoje, quando todos os fabricantes e consumidores ambicionam tirar uma casquina do crescente mercado de SUVs, o carro apresentado na quarta-feira, 31, pela Ford quase que simultaneamente na Índia e no Brasil é classificado como um utilitário compacto, ou CUV, de Compact Utility Vehicle, um hatch de suspensão alta e apliques plásticos na carroceria para idealizar robustez, algo como um extra-cross ou semi-SUV, uma pequena evolução em relação ao conceito aventureiro introduzido há quase 20 anos no Brasil pela Fiat com a perua Palio Weekend Adventure, mas sem o atrevimento de algumas montadoras que decidiram denominar esse conceito, sem escalas, de SUV (vide Honda WR-V e Renault Kwid). 

“Esse conceito (hatch com suspensão elevada) foi criado no Brasil, mas ganhou o mundo e isso permite refinar essa arquitetura para novos níveis”, explica Rogelio Golfarb, vice-presidente de assuntos governamentais, comunicação e estratégia da Ford América do Sul. “Somos hoje o fabricante instalado no Brasil com a maior participação nos projetos globais da companhia e estamos ajudando a criar uma nova categoria de veículos”, acrescentou. Segundo ele, a exemplo do que já aconteceu com o EcoSport e a atual geração do Ka, o Ka FreeStyle teve participação ativa da engenharia brasileira da Ford, em conjunto com equipes de desenvolvimento da Índia e China, onde a versão CUV do carro também deve ser produzida e vendida. 

Por enquanto, a Ford apresentou apenas o design exterior do Ka FreeStyle, deixando para ser revelada gradualmente nos próximos meses especificações técnicas, como motorização, e comerciais, preços etc. Mas Golfarb adiantou que o modelo trará a mais moderna geração do sistema de conectividade e entretenimento Sync 3, com tela central no painel, acionamento de comandos por voz e espelhamento do smartphone via Apple CarPlay e Android Auto. Natan Vieira, vice-presidente de vendas e marketing da Ford América do Sul, afirmou que a FreeStyle será uma versão única, com poucos opcionais, e que o Sync 3 será de série, incluído no preço básico. 

Não ficou claro se o estilo CUV será a versão mais cara da linha Ka, mas a entrada de um novo integrante na família faz parte da estratégia da Ford de renovar a oferta de opções do modelo no decorrer deste ano. Dentre as possibilidades de motorização, é grande a possibilidade do Ka FreeStyle usar o novo 1.5 Dragon de três cilindros e 137 cavalos, que estreou no Brasil ano passado a bordo do novo Eco Sport, do qual o compacto empresta o nome de sua versão mais vendida, a FreeStyle. 

A única capacidade offroad do Ka FreeStyle é a de passar por buracos, lombadas e degraus, característicos das vias subdesenvolvidas de países como o Brasil ou da Índia, de forma mais folgada com sua suspensão elevada, mas a Ford destaca que se trata de um “utilitário compacto global”, projetado com reforços estruturais para suportar as irregularidades do piso, diferente de versões aventureiras que teriam apenas robustez cosmética, na decoração da carroceria, como é o caso do antigo Ka Trail. 

No estilo, o visual mais robusto da nova versão do Ka é reforçado por meio de apliques plásticos nos para-lamas e para-choques encorpados, altura elevada do solo e alguns itens diferenciados como grade frontal com acabamento metálico, faróis com máscara negra e moldura cromada, farol de neblina com moldura em forma de “C”, novas lanternas traseiras, rack de teto com acabamento metálico, rodas de liga leve de 15 polegadas e retrovisores com pintura exclusiva.  


Fonte: Automotive Business


Artigos relacionados

  • Take Up! x March x Celta x Uno Saiba +

    A versão de entrada do Up encara March, Celta e Uno, os rivais mais baratos da concorrência Por Ulisses Cavalcante | Fotos Marco de Bari | 15/04/2014

  • Honda diz que vendas de autos  na China em junho subiram 15,8% na base anual Saiba +

    A Honda Motor e suas duas joint ventures locais venderam 70.739 automóveis na China em junho...

  • Fábrica da GM em Gravataí (RS) produz 2,5 milhões de carros Saiba +

    Capacidade do complexo, que faz 14 anos domingo, é de 380 mil carros por ano.

  • Renault apresentará carro-conceito ecologicamente correto Saiba +

    Média de consumo de combustível será de 50 km/l.

cadastre-se e recebas as novidades:
UMA EMPRESA DO Grupo Morada