Notícias

Novo Jetta 2019

24/09/2018 - 

Volkswagen Jetta 2019 chegou e agora busca novos clientes – num perfil de 46 anos e com boa renda na casa de R$ 20 mil – mudando completamente para isso. Com preços entre R$ 109.990 e R$ 119.990, o sedã médio vindo de Puebla ressurgiu com um estilo mais jovial, em harmonia com o atual padrão da marca e com vistas ao conforto. 

Embora com a versão R-Line, a proposta é ser mais conservador para buscar clientes mais maduros, que procuram mais conforto no dia a dia. Com essa missão dada, o Novo Jetta 2019 se apoia na plataforma MQB e na motorização 1.4 TSI Flex, que parte de São Carlos-SP para o México, a fim de voltar a bordo do modelo. 

Nessa relação de troca, o Jetta aumenta sua afinidade com o consumidor brasileiro ao entregar a tecnologia Flex, mas com boa oferta de performance em qualquer caso e também de economia, coisas que o novo público mira também. 

Na versão Comfortline, o Volkswagen exibe mais claramente sua missão e nos faz lembrar bem do Virtus, tanto visualmente quanto em proposta, embora em outra faixa de preço. 

Com 4,70 m de comprimento e 2,69 m de entre-eixos, o Novo Jetta cresce e aparece, já atraindo a atenção de motoristas nas ruas, mesmo tão recente. Dotado de um bom conteúdo, eliminou itens esperados e apostou em coisas que ninguém aguardava.

Algumas, infelizmente, que muitos não desejavam.

Ar-condicionado dual zone, multimídia mais avançada e com climatização, modos de condução e iluminação personalizável são destaques, assim como também cluster digital, controle de cruzeiro adaptativo e frenagem automática de emergência.

O VW Jetta de sétima geração trouxe tudo isso e muito mais. 

Porém, da mesma forma, tirou de cena os paddle shifts, a suspensão traseira multilink, detalhes de melhor acabamento e maior preocupação com quem vai atrás, embora tenha “compensado” nesse caso com a plataforma mais espaçosa.

Ficou mais tecnológico e bonito, mas ao mesmo tempo simplificou-se muito mais do que se imaginava. E isso também se traduz na condução. Não que seja ruim, mas agora é um pouco diferente. Assim, confira abaixo nossas impressões ao dirigir. 

Novo Jetta 2019: Impressões ao dirigir

O Jetta 2019 é um sedã médio agora mais conservador e tradicional.

Então, nesse caso, vamos esquecer por enquanto da proposta esportiva que a antiga versão Highline entregava com seu motor 2.0 TSI de 211 cavalos e câmbio DSG de seis marchas.

Ainda como o anterior também, o modelo centra sua atuação no EA211 1.4 TSI Flex com 150 cavalos e 25,5 kgfm.

Com esse propulsor, o Novo Jetta continua animando tanto quanto o antigo.

A Volkswagen optou por uma calibragem que faz jus à reputação que deu outra vida para o sedã no passado, indo agora de 0 a 100 km/h em 8,9 segundos e com máxima de 210 km/h.

Os números não são excepcionais para quem busca esportividade, mas cumprem os requisitos da proposta. 

Saiba mais em: Notícias Automotivas

Artigos relacionados

  • Take Up! x March x Celta x Uno Saiba +

    A versão de entrada do Up encara March, Celta e Uno, os rivais mais baratos da concorrência Por Ulisses Cavalcante | Fotos Marco de Bari | 15/04/2014

  • Honda diz que vendas de autos  na China em junho subiram 15,8% na base anual Saiba +

    A Honda Motor e suas duas joint ventures locais venderam 70.739 automóveis na China em junho...

  • Fábrica da GM em Gravataí (RS) produz 2,5 milhões de carros Saiba +

    Capacidade do complexo, que faz 14 anos domingo, é de 380 mil carros por ano.

  • Renault apresentará carro-conceito ecologicamente correto Saiba +

    Média de consumo de combustível será de 50 km/l.

cadastre-se e recebas as novidades:
UMA EMPRESA DO Grupo Morada