Notícias

Novo VW Gol Automático

03/09/2018 - 

Volkswagen do Brasil lançou no final de julho de 2018 o primeiro Gol da história equipado com transmissão automática. Demorou mais de 35 anos para que o icônico hatch compacto da marca ganhasse esse conforto, mas a espera valeu a pena, pois o carro ficou bem resolvido. 

A melhor parte disso é que a Volkwagen não salgou no preço. Ao contrário, adotando a política que vem se tornando tradicional na "Nova Volkswagen", os preços vieram competitivos se comparados às ofertas do mercado. O preço de R$ 54.580 reais o coloca no rol dos hatchs compactos automáticos mais acessíveis do Brasil.

Preço - análise de custo x benefício

Os seus concorrentes, apenas o Toyota Etios X 1.3 Automático, a R$ 53.810 reais, é mais competitivo. Onix 1.4 Advantage sai de $ 55.290 reais e o Ford Ka SE 1.5 Automático também está acima de R$ 56 mil reais. 

É interessante observar que o Gol está competitivo em preço, mas adota um conjunto mecânico que é um dos melhores do segmento. O motor é novo na linha Gol - o quatro cilindros 1.6 16V EA-211, confeccionado em alumínio, duplo comando de válvulas e variador de fase, associado com a excelente caixa automática AISIN de 6 marchas. 

Esse mesmo powertrain era usado até 2016 no VW Golf 1.6 MSI Automático. Entretanto, se no caso do Golf os 1.300 Kg tornavam as respostas de saída de inércia não tão ágeis, neste Hatch compacto - que pesa 250 Kg menos - o resultado ficou excepcional. Segundo a VW o Gol 1.6 MSI Automático acelera de 0 a 100 km/h em 10,7 segundos, e atinge 185 km/h de velocidade máxima. 

Comportamento dinâmico

De fato, no test drive que fizemos entre São Paulo Capital e Taubaté, o Gol 1.6 MSI Automático se mostrou ágil tanto em cidade quanto em estrada. O motor com variador de fase no comando de válvulas, e o excelente ajuste do gerenciamento da transmissão automática fazem do Gol um carro disposto em uso urbano, com retomas rápidas e sem hesitações.  

Quando se acelera mais fundo, o câmbio reduz as marchas muito rapidamente respondendo de forma instantânea à demanda do motorista por mais força. Esse câmbio até tem uma função "S" - Sport - que faz com que as marchas sejam trocas em rotações mais elevadas - o carro "estica" mais as marchas. Mas, na prática, essa função, apesar de divertida, é até desnecessária, pois a transmissão operando em modo normal "D" já faz isso sob demanda, quando o motorista acelera com mais vigor. 

Digno de nota é o fato de que o Gol MSI Automático é ágil e responsivo, mas ao mesmo tempo suave. O motor opera mesmo em rotações elevadas com ausência total de vibrações no interior, mesmo com o rotação acima de 6.000 RPM - nesse aspecto o Gol só tem paralelo com modelos de categoria superior, tamanha é a maciez de funcionamento do motor e câmbio. 

Além de sem vibrações, o conjunto é silencioso. Nem mesmo nas esticadas de rotação próximas à faixa vermelha o Gol Automático se mostrou ruidoso. O som do motor fica contido em seu compartimento graças ao uso adequado de material fono-absorvente. Em uso rodoviário o Gol Automático cruza a 120 km/h em sexta marcha suavemente a 2.650 RPM - uma rotação baixa, que torna o ambiente interno livre de ruídos e vibrações. 

Em uso rodoviário o Gol MSI Automático também oferta um desempenho excelente, com disposição impressionante para retomadas de velocidade. Basta pisar um pouco mais fundo no acelerador que o câmbio reduz as marchas para dar agilidade às manobras. As ultrapassagens são feitas de forma segura, pois o Gol ganha velocidade rapidamente quando é demandado. E, novamente, ele faz isso de forma suave e silenciosa - um comportamento que se distancia muito de carros populares, e o aproxima de modelos de categorias bem acima - até de carros premium, tamanha é a maciez de funcionamento do motor. 

O Gol MSI Automático vem de série com um sistema de assistência hidráulica da direção, não tão moderno quanto a assistência elétrica do Polo. Na prática, porém, o volante é muito leve em cidade, e com ótima progressividade em estrada - dando segurança ao motorista mesmo em tocadas mais esportiva. 

Associe-se a isso um volante com ótima empunhadura, revestido de couro, com ajuste de altura e profundidade, um banco do motorista ergonômico com também ajuste de altura, e o motorista de qualquer biotipo encontra a posição ideal de condução com facilidade. 

O conjunto de suspensões mostra-se perfeitamente adaptado à realidade das vias brasileiras. No asfalto ondulado e irregular das vias urbanas de São Paulo e Taubaté, o Gol filtra bem as valetas, lombadas e buracos e isola a cabine de trancos. Ao mesmo tempo, quando se faz tomadas de curva de forma mais esportiva, o Gol demostra muita estabilidade, contornando curvas em velocidade com segurança e confiança quase de um caro esportivo.  

Em relação ao consumo, durante nosso percurso entre São Paulo e Taubaté, passando por circuitos urbanos em Guararema e São José dos Campos, e com direito a algumas muitas esticadas para avaliar a performance, o computador de bordo do Gol MSI Automático registrou 13,7 km/l de gasolina - um número excelente - melhor, inclusive, que o pessimista número do INMETRO para uso rodoviário (13,6 km/l).

Design e interior

O Gol Automático já traz a nova dianteira adotada na linha 2019, com faróis de grandes dimensões e dupla parábola, elementos cromados na grade e também nos faróis. A estética agrada bastante ao vivo, conferindo uma certa imponência ao Gol. Já nas laterais e traseira não há novidades - mantendo o desenho equilibrado e sóbrio. 

Itens de série e opcionais

Nesta versão das imagens, o Gol com rodas de 15 polegadas e indicadores de direção integrados aos retrovisores fazem parte do altamente recomendado pacote Urban Completo, que, R$ 3.000 reais, contempla ainda o volante multifuncional, alarme keyless, chave tipo “canivete” com controle remoto, espelhos retrovisores externos com ajuste elétrico, função tilt down (lado direito), sensor de estacionamento traseiro, vidros elétricos dianteiros e traseiros, destravamento elétrico da tampa traseira com controle remoto, travamento elétrico das portas com controle remoto, para-sol com espelho iluminado, farol de neblina, lanterna traseira escurecida, 2 luzes de leitura dianteiras e 2 traseiras, alças de segurança no teto e coluna de direção com ajuste de altura e distância. 

Outro pacote interessante é o “Interatividade Composition Touch” (R$ 2.100 reais) que traz o sistema de Infotainment com 4 alto-falantes, 2 tweeters e "I-System com Eco-Comfort" – computador de bordo e volante multifuncional com comando de sistema de som e do “I-System”, e App Connect, compatível com Apple Carplay e Android Auto. Fica faltando apenas o piloto automático (indisponível) e um descansa braço para o motorista. 

O acabamento interno e externo impressiona pela qualidade e precisão da montagem. A carroceria tem vãos delgados e uniformes, com peças perfeitamente alinhadas, e com uma impressão geral de qualidade acima da média.  

O interior vai na mesma linha. A montagem demostra precisão de encaixes. Os materiais usados no interior não são de luxo, mas são de qualidade e agradáveis ao toque. Não há rebarbas nas peças plásticas. O conjunto todo transmite muita solidez, e mesmo ao abusar em vias irregulares, não se ouve nada de ruídos parasitas. 

Ao se andar com o Gol MSI Automático sente-se um carro sólido, cuja carroceria não torce em irregularidades e lombadas, e um interior muito bem montado e que transmite uma sensação de elevada rigidez e robustez.

Conclusão 

O VW GOL Automático é um modelo que surpreende pelo conjunto mecânico bem acertado, pela maciez de funcionamento, e pela solidez estrutural da carroceria e da cabine. Um carro agradável de ser conduzido e muito confiável, excelente para uso urbano, e também ótimo em estrada. 


Fonte: Car Blog

Artigos relacionados

  • Take Up! x March x Celta x Uno Saiba +

    A versão de entrada do Up encara March, Celta e Uno, os rivais mais baratos da concorrência Por Ulisses Cavalcante | Fotos Marco de Bari | 15/04/2014

  • Honda diz que vendas de autos  na China em junho subiram 15,8% na base anual Saiba +

    A Honda Motor e suas duas joint ventures locais venderam 70.739 automóveis na China em junho...

  • Fábrica da GM em Gravataí (RS) produz 2,5 milhões de carros Saiba +

    Capacidade do complexo, que faz 14 anos domingo, é de 380 mil carros por ano.

  • Renault apresentará carro-conceito ecologicamente correto Saiba +

    Média de consumo de combustível será de 50 km/l.

cadastre-se e recebas as novidades:
UMA EMPRESA DO Grupo Morada